Musical contará a vida de Chico Xavier


No próximo ano, um musical muito especial chegará aos palcos. Trata-se da história da vida de um dos maiores médiuns brasileiros e, também eleito por voto popular, o maior brasileiro de todos os tempos: Chico Xavier.

Com produção do Circuito BroadUai, Chico Xavier - No Céu da Vibração: O Musical tem direção assinada por Daniel Kostás e Dilson Mayron, com direção associada e coreografias de Thiago Jansen. O roteiro, escrito por Selhe Mapèr, foi inspirado no livro, da FE Editora, Chico Xavier - Meus Pedaços do Espelho, da ex-presidente das Associações Médico-Espíritas do Brasil e Internacional, Marlene Nobre.

O espetáculo segue captando recursos para que a produção possa estrear em março do próximo ano, primeiramente em São Paulo, seguindo para Curitiba, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

"Chico foi um grande homem, inspirou multidões de pessoas e deixou um trabalho incrível. E com a descoberta de diversas músicas de compositores famosos em homenagem a Francisco Cândido Xavier, como de Roberto Carlos, Gilberto Gil e Fábio Júnior, o musical torna-se um projeto comercialmente forte, o que viabiliza sua concretização", conta Daniel Kostás, que assina a direção do espetáculo.

Segundo Kostás, o Brasil vive uma era de musicais biográficos, o que contribui para o potencial do projeto.

"Antes da sua desencarnação, em janeiro de 2015, consegui ainda fazer algumas entrevistas com a autora, quando me narrou diversas situações curiosas sobre Chico. Pedi sua autorização para colocar essas informações coletadas no musical e ela prontamente me autorizou. São cenas lindas e bastante poéticas, que o grande público irá conhecer em primeira mão no musical", afirma o diretor.

O espetáculo traz diversas surpresas em sua concepção e tem por objetivo apresentar o homem Chico Xavier.

"O espetáculo não é religioso, mas obviamente fala de um grande expoente de uma religião. Nosso objetivo é falar de um homem que, por sua bondade e generosidade, foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz e, posteriormente, eleito o maior brasileiro de todos os tempos. Queremos apresentar este homem, que com suas dores, questionamentos e sofrimentos, superou qualquer obstáculo em favor daquilo que acreditava", disse o diretor.

No palco, o público poderá conferir belos cenários e figurinos que trarão a nítida certeza de que de que “a vida é uma eterna viagem, apenas um local de passagem entre mundos".

A produção ainda conta com efeitos especiais, que prometem “ trazer” Chico Xavier para o palco do musical e o material que faz parte do enredo veio de fontes como biografias, entrevistas, filmes produzidos em sua homenagem, mas principalmente aquilo que Chico sempre inspirou: uma vibração incomparável.

"Quando enviei o material a Selhe Mapér, que escreveu o roteiro, para que pudesse trabalhar, passei a orientação de que gostaríamos que o enredo focasse menos em contar a história do Chico e que realçasse mais aquilo que o Chico despertou em todos nós. E é por isso que se chama No Céu da Vibração, que, inclusive, é uma das músicas do espetáculo, de autoria do Gilberto Gil e gravada especialmente por Elis Regina para um especial da Rede Globo, nos anos 1980", revelou.

Chico Xavier- No Céu da Vibração: O Musical é a primeira montagem original do Circuito BroadUai, que estreou em maio de 2015, em Minas Gerais, com sucesso de bilheteria e crítica. O projeto tem o apoio do Ministério da Cultura, através da Lei Rouanet, e busca patrocínio para a realização da temporada paulistana e turnê por outras capitais.

A previsão de bilheteria com o espetáculo, que terá o elenco definido no segundo semestre deste ano, é de R$2 milhões, que serão doados para instituições que promovem trabalhos sociais e de caridade.

"É a nossa forma maior de concluir a homenagem à Chico Xavier, que sempre agiu em causa dos mais necessitados", completa o diretor.

Daniel Kostás conta sobre o diferencial do espetáculo em relação a outros com a mesta temática, que já foram apresentados.

“Este é um musical autoral e biográfico, com músicas originais sobre um grande brasileiro, considerado o maior de todos de tempos. Trazer o universo de Chico Xavier para a música foi um trabalho incrivelmente prazeroso. O sotaque mineiro já é bastante melodioso e as canções e arranjos de Plínio Oliveira trouxeram ao palco a emoção e a vida do homem, e não do mito, do líder religioso. A grande diferença dessa produção para outros musicais biográficos produzidos no Brasil é que Chico não era uma personalidade da música, nem artística. Seu trabalho foi referência de paz e amor, que lhe renderam uma homenagem ao Prêmio Nobel. O musical traz ainda grandes homenagens musicais feitas a Chico por artistas como Gilberto Gil, Roberto Carlos e Fábio Júnior. O próprio título do espetáculo - No Céu da Vibração - é o nome da música composta por Gilberto Gil e imortalizada na voz de Elis Regina”.

Além disso, também há o fator da bilheteria: o valor líquido será doado à instituições sociais e de caridade.

“O espetáculo terá sua bilheteria líquida doada para instituições sociais e de caridade, como homenagem ao médium, que nunca ficou com nenhum lucro de seus livros. Os eventos de desdobramento do projeto também serão únicos, com o circuito gastronômico Prato do Chico e a exposição Arte e Solidariedade,com a exposição de obras em forma de camiseta de 40 artistas plásticos, entre eles, Maurício de Souza e Yara Tupynambá. O lucro das camisetas também será revertido para instituições sociais e de caridade. O projeto pretende gravar ainda um CD com a trilha original do espetáculo”.

O diretor ressalta o desafio de contar uma história de um personagem espírita.

“Abordar a história de uma personalidade ligada à religião é sempre um desafio, pois acaba-se esbarrando no campo das paixões e dos sentimentos. Mas Chico Xavier é um exemplo a ser sempre lembrado pelo homem que foi, que transformou a dor em amor e a generosidade em ideal de vida. E essa é a força que move a produção do espetáculo”.

Ainda existe o trabalho de captação para produção do espetáculo Chico Xavier – No Céu da Vibração: O Musical. As empresas interessadas podem entrar em contato com a assessoria de imprensa do musical, pelo telefone (11) 3817-7984.

Confira alguns teasers do musical!